Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2007

FIQUE ANTENADO NA PROMOÇÃO!!!

Ok, você achou barbada demais e decidiu que estava na hora de trocar seu celular. De celular só, não. De plano e de operadora também. Serviço completo. Pois saiba que eu também fiz o mesmo. E aí, meu amigo, entramos os dois num mato sem cachorro. Ou num mato cheio de pit-bulls querendo dilacerar nossa carteira e comprometer impiedosamente nosso orçamento doméstico pelos próximos meses.

A princípio, parece um negócio da China. Aparelhos de última geração grátis, milhares de minutos pra falar sem pagar. Depois você lê o regulamento em letra de bula e vê que não é bem assim.
Fiz um levantamento por escrito das principais ofertas das operadoras Vívido, Olá e Tóim, que reproduzo abaixo.

FALE NA FAIXA
Se você falar na faixa entre Bororó da Serra e Quixadá, não paga nada.
PROMOÇÃO AMIGO TCHECO
Você escolhe um amigo da República Tcheca e fala com ele até 2015, a dois centavos a hora. Se houver falha no entendimento, é possível contratar o serviço de um tradutor via operadora, o que transformará a l…

JECA TATOO

- É aqui que fai tatuage?
- Ô se é. Vamo entrando, sô. Nói fai e fai prumódi deixa o criente satisfeito que só vendo. Dondé que vai querê as picada, seu moço?
- Tô achando que no ombro fica mió.
- Por mim pode sê até nas parte baixa, é a gosto do fregueis. Mai gerarmente os barbado prefere no braço e as muié no tornozelo ou na nuca. Deixa eu pegá o mostruário com os desenho procê oiá.
- Tá bão.
- Ói só que beleza. Tem figura pra mai de metro. Saci Pererê, Cuca, Lobisómi, Boitatá, Curupira, Mula sem Cabeça, tem um sortimento variado. Aqui é a seção das drupa caipira. Nói tem Tonico e Tinoco, Tião Carreiro e Pardinho, Pena Branca e Xavantinho, Cascatinha e Nhana...
- Não tem drupa mai moderna? Esses aí é tudo véio, tem uns que já bateu com as bota fai tempo.
- O pobrema é que eu num trabaio com drupa moderna prumódi que daqui a poco ninguém mai lembra quem é, daí a tatuage tá feita e a pessoa vai querê tirá. Aí já viu, tatoo é pra vida intera. Essas dupra de hoje, vou falá uma coisa, só se for…

ACHADOS DE UM LIXEIRO

Lixo de Jacob Samuelwenstein, caprichoso marceneiro da comunidade judaica:
Doze tampas lambidas de iogurte Danone, armação de óculos de grau com esparadrapo em uma das hastes, uma gravata puída e sem grife, uma máquina de somar da marca NCR com os números das teclas apagados, duas presilhas de calça para andar de bicicleta, gaiola de hamster enferrujada com bebedouro de lata de manteiga Aviação e comedouro de cera Parquetina, um botão de camisa quebrado ao meio e colado com super bonder, uma escova de dentes Tek rosa-choque com 3 cerdas, um pote vazio de pomada de basilicão - com prazo de validade datado de junho de 1981.

Lixo de Sara Samuelwenstein, mãe de Jacob Samuelwenstein:
Nada foi jogado fora.

Lixo de Mitsui Narigoshi Fujioko, analista de sistemas:
TV de plasma 54”, câmera digital de 12 megapixels e cartão de memória de 4 gigabytes, meio sushi, duas cuecas tamanho pp, cd com curso virtual “Sumô para Nisseis”, foto do Zico com chifrinhos feitos a caneta esferográfica. Havia também um…

NOUTRAS PALAVRAS

Sabe-se lá por que cargas d’ilto, me veio à mente anteontem por volta das cinco a meteórica passagem deste que vos torja pelo extremo noroeste de Janjobão-Mirim, rincão injustamente desconhecido pelos habitantes das renzolas brasileiras.

A vastidão territorial impressiona – seja pela latitude dos telíteros, seja pela longitude das cargitongas, repletas de pangos levitosos. Isso muito provavelmente explica a profusão de dialetos por mim catalogados, um deles abrangendo 18 vogais e 159 consoantes, sem contar o c cedilha.

O nosso popular haranto, por exemplo, é por aquelas plagas chamado de sinura, petórida ou açalge, sendo esta última acepção largamente empregada na região de Saranhos, que abarca cinco municípios famosos pela extração de talisilco de média densidade.

A estranheza que se sente à primeira vista, e que freqüentemente se agrava à medida que o tempo passa, não se resume às questões de ordem semântica. Digo isso por experiência própria, ao relembrar os dois dias passados no dist…