Pular para o conteúdo principal

CAMPANHA DE MOTIVAÇÃO INTERNA


Às vésperas de completar 6 décadas de atividade ininterrupta, servindo bem para servir sempre, o Bar e Mercearia Estrela do Leste inicia hoje a supercampanha de motivação interna “A Estrela é Você”, com a finalidade de reconhecer e premiar os mais brilhantes talentos de sua dedicada e dinâmica equipe de colaboradores.

A CAMPANHA SERÁ VÁLIDA DE ABRIL A DEZEMBRO DESTE ANO E OBEDECERÁ À SEGUINTE MECÂNICA:

- A cada R$1.000,00 de incremento nas vendas DIÁRIAS de gêneros alimentícios e produtos de limpeza, o funcionário terá um acréscimo de R$0,10 (dez centavos), a serem adicionados aos seus rendimentos no mês subsequente ao da efetivação das vendas. Tal bônus será adicionado temporariamente ao salário-base do empregado, que retornará ao patamar anterior tão logo expire a promoção.

- Para efeito de premiação, só terão validade as vendas DIÁRIAS e não cumulativas. Ex: o colaborador que vender R$850,00 em queijadinhas num determinado dia não poderá acumular o seu escore para complementação em vendas no dia seguinte. Ou seja, seu total de vendas ZERA a cada 24 horas.

PREMIAÇÕES EXTRAS – ACRÉSCIMOS DIFERENCIADOS SOBRE O SALÁRIO DO COLABORADOR:

Acréscimo de R$0,11 ao invés de R$0,10, para os funcionários que superarem em 200% as metas de vendas de paçocas, marias-moles, queijadinhas, guarda-chuvas de chocolate, dadinhos e balas mastigáveis em geral;
Acréscimo de R$0,12 ao invés de R$0,10 para superação de metas de vendas de mortadela fatiada, pinga em dose, sapólio, prendedor de roupa e blister de pilha palito;
Acréscimo de R$0,13 ao invés de R$0,10 para superação de metas de vendas de saco de lixo de 60 litros, chicle de bola, rocambole recheio goiaba, benjamim bi-volt, acetona e porção de tremoço.

EXCLUSIVAMENTE PARA OS 3 PRIMEIROS COLOCADOS:

- Viagem com direito a acompanhante para Guapimirim do Leste, terra natal do nosso fundador, Claudionor Bevilaqua. Os contemplados ficarão hospedados na acolhedora residência de dona Gersina, genitora do Sr. Claudionor, em regime de pensão completa (colaborador contemplado) e meia-pensão (acompanhante). Fica a critério do ganhador complementar, por sua própria conta, a quantia faltante para que seu acompanhante usufrua também de estadia com pensão completa.

- 6 meses de estágio na Universidade do Suspiro, instituição criada pela Fundação Claudionor Bevilaqua, com a finalidade de formar e aperfeiçoar nossos colaboradores, fornecedores e players de futuras joint-ventures na confecção dessa centenária iguaria.

- Sorteio de uma caixa com 20 unidades do doce “Teta de Nega”, oferecimento de nosso Distribuidor D’Assumpção & Netos. O referido produto tem validade até 28/11/2011 e o sorteio será aberto ao público, sendo que o contemplado desde já cede os direitos de divulgação de sua imagem para veiculação em mídia impressa e eletrônica das fotos e vídeos relativos à entrega do prêmio.

Dúvidas poderão ser dirimidas com Januário, do Departamento de Marketing da mercearia. A todos, bom trabalho e boa sorte!

© Direitos Reservados

Comentários

  1. MEU DEUS! O pior é que os “carinhas” vão se motivar e com orgulho contar à família, aos vizinhos, na roda de bar etc….

    A cada 1000 reais, o,10 não cumulativos. Extremamente [des]estimulante.

    Vender 1000 reais, não é fácil.
    Ou seja esse Bar e Mercearia Estrela do Leste só pode estar fazendo uma “pegadinha”.

    Desonrando o nome do Conde de Beviláqua, e desunindo as famílias.

    Porque o homem ou o chefe tem direito à pensão completa e o (a) companheira não.

    Guapimirim do Leste!!!! Espero que não tenha do sul, norte e oeste.

    Essa empresa deveria ser punida pela Associação Médica de combate à obesidade e diabetes, porque ninguém merece ganhar de prêmio 20 unidades de “TETA DE NEGA”, o pior de todos os doces.

    Marcelo, você é mau! Isso não se faz!

    Isso é quase um conto de terror, embora super bem detalhado.

    Parabéns! Por um ano não quero saber de doces.

    Abraço amigo!
    Mirze

    ResponderExcluir
  2. Olá Marcelo... lendo e relendo seu texto "doce ao extremo" percebo sua acidez mental! Seria isto uma retaliação aos bônus ao trabalhador via CLT ou às vantagens oferecidas pela portabilidade e, assim mudamos "nosso chip?" Realmente, a estratégia marqueteira da referida mercearia, só não a desbanca com certeza aquela "velha cadernetinha" em que se anotam os "fiados" da firma. Em tempos de visitas presidenciais...Januário, é o "cara"!
    Abraços, Célia.

    ResponderExcluir
  3. Tácito6:54 AM

    Essa campanha não deve ter sido desenvolvida para vendedores tímidos,que temem desafios. Antes para os ousados e corajosos, aqueles que tem coragem suficiente para se posicionar no mundo dos negócios e enfrentar seus desafios cotidianos frente a frente e sem medos.
    Business to Business – B2B (rsrsrs)

    Tácito

    ResponderExcluir
  4. Claudete11:02 AM

    Nossa!!!!!! Essa campanha deverá motivar pra caramba os funcionários, hein????????????????
    Principalmente o aumento no salário do próximo mês, coisa que sempre causa alegria ao trabalhador!
    Tenho a certeza de que todos se esforçarão ao máximo p/ serem os ganhadores........(eu é que n/ queria trabalhar c/ esses "mão de vaca"!)......rsssssssss
    Vc queria???? Um abração e bom final de semana p/ vc tb! (bem bolada a campanha. viu? Nota 10!)

    ResponderExcluir
  5. Zezinha Souza11:03 AM

    Ah, Marcelo, só podia ser você mesmo!!!

    Essa estrela é cadente e já caiu há muito tempo, até se espatifou e caiu no mar, terá muita sorte se virar estrela do mar.
    Como pouquissimos doces, mas vou lembrar desse incentivo sempre que comer um, quem sabe não consigo me convencer a comer dois? Acho quase impossível, mas depois de tanto incentivo, TUDO É POSSÍVEL!!!!

    Parabéns, Marcelo!!! Você é 1000

    Um “doce” abraço!

    ResponderExcluir
  6. Rosa Pena11:04 AM

    “- Sorteio de uma caixa com 20 unidades do doce “Teta de Nega”, oferecimento de nosso Distribuidor D’Assumpção & Netos. O referido produto tem validade até 28/11/2011 e o sorteio será aberto ao público, sendo que o contemplado desde já cede os direitos de divulgação de sua imagem para veiculação em mídia impressa e eletrônica das fotos e vídeos relativos à entrega do prêmio.”…kkkkkkkkkkk… VC É ÚNICO! beijos saudosos/rosa

    ResponderExcluir
  7. Putz! Mas esse doce "Teta de Nega" é bom pra caramba. Vale à pena a disposição para ganhá-lo.
    Em frente ao colégio do meu filho há um pipoqueiro que, além da pipoca, também vende esse doce. A meninada vive apinhada lá. Então... é um doce que vende mais porque é fresquinho.
    As crianças também ajudam a motivação interna...
    do pipoqueiro.
    Marcelo, você é ótimo!

    ResponderExcluir
  8. Que comédia doce, esse seu texto Marcelo.
    Um abraço, com sabor de maria mole, bem mole...(:

    ResponderExcluir
  9. Evelyne Furtado3:41 PM

    Fiquei imaginando a animação da equipe do Estrela do Leste diante de tal campanha. Mas ri muito, como sempre, e me deliciei com os detalhes. Deus os livre de ficar entre os três primeiros lugares! Adorei, Marcelo! Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  10. Lau Milesi3:42 PM

    Ai Marcelo, estou rolando de rir com você.Genial!!! Meus olhos brilham diante dessa maria-mole.Pego todas elas nos saquinhos de São Cosme e Damião.:)
    Esse Bar e Mercearia Estrela do Leste deve estar com algum jabá junto aos laboratórios que fabricam Líptor(p/a altos níveis de colesterol, o ruim) e insulina. . Muito legal!!!
    Parabénss!! Muitos.

    Beijoss, amigo talentoso!

    ResponderExcluir
  11. O Marins e o Yuri Trafane seriam incapazes de maquinar tamanho incentivo aos homens do balcão. Tirando o aspecto gastronômico do doce, vamos ficar no lúdico e imaginar que o Distribuidor D’Assumpção & Netos vai premiar "o bom" nas vendas com algumas horas entre os seios fartos de uma mulata carioca.

    ResponderExcluir
  12. Feliz Dia do Blogueiro!!!
    Tenho um selo para você aqui:
    http://blogsdasoniasilvino.blogspot.com
    Caso já tenha levado, obrigada!
    Deixo um presente:

    Se você é...

    Se você é um vencedor,
    terá alguns falsos amigos
    e alguns amigos verdadeiros.
    Vença assim mesmo.

    Se você é honesto e franco,
    as pessoas podem enganá-lo
    Seja honesto e franco assim mesmo.

    O que você levou anos para construir
    Alguém pode destruir de uma hora para outra.
    Construa assim mesmo.

    Se você tem paz e é feliz,
    As pessoas podem sentir inveja.
    Seja feliz assim mesmo.

    Dê ao mundo o melhor de você,
    mas isso pode nunca ser o bastante.
    Dê o melhor de você assim mesmo.

    Veja você que, no final de tudo
    Será você ... e Deus.

    E não você ... e as pessoas!

    Madre Tereza de Calcutá

    Um lindo domingo para você!!!
    Aguardo a sua participação na Confraria da Soninha:
    quantas vezes você quiser!

    Beijinhos, muitos!
    Sônia Silvino

    ResponderExcluir
  13. Marcela Romanin Sguassábia1:38 AM

    Pai! Ge-Ni-Al ! Nunca vi tanta desgraça pra um sujeito só ! Sabe o que isso me lembrou? Os funcionários do Mc Donalds… Trabalham feito uns loucos, ganham pouco, e sempre tem um quadro na parede onde se colocam os destaques do mês ! Muuuito bom o texto dessa semana !

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Jorge Cortás Sader Filho1:38 AM

    Eita que esta foi demais da conta! Marcelão, voce acaba de ganhar um crédito no valor de 0,15 centavos de Real, devido a publicação desta, vencendo o torneio “Você é a Estrela”. Talento não se compra no bar da esquina.
    Abraço

    ResponderExcluir
  15. José Carlos Carneiro7:21 AM

    Putz! Isso é que é campanha! Parece coisa da época do feudalismo ou da dominação dos povos bárbaros. Ou das submissões mais injustas? Ou de turcos e judeus? Mas é, antes de tudo, muito criativa. Um abraço e bom início de semana.

    ResponderExcluir
  16. Marco Antonio Rossi7:22 AM

    boa noite meu caro amigo
    esse concurso foi na Zona Leste em Sampa?
    pelas variantes apresentadas era para ninguém ganhar.................
    um otimo final de semana.
    Abraço
    Rossi

    ResponderExcluir
  17. Tony Marques7:26 AM

    Promoção, realmente, incentivadora. Com toda certeza, as vendas irão disparar. Você já imaginou uma comissão de 0,01 %? Parabéns para o idealizador!
    Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  18. Mas que? Rsrsrsrs! Realmente um incentivo e tanto, aliás, vários incentivos. Acho até que vou adotar esta política aqui em casa! Hahaha. Beijo!

    ResponderExcluir
  19. KKKKKKKKKKK...Isso que é motivação!!!! A D O R E I!!! Muito bem escrito. PARABÉNS...

    ResponderExcluir
  20. KKKKKKKKKKK...Isso que é motivação!!!! A D O R E I!!! Muito bem escrito. PARABÉNS...

    ResponderExcluir
  21. Leslie Taboas5:11 AM

    ISSO É QUE É MOTIVAÇÃO!!! SERÁ QUE VÃO BRIGAR PRA VER QUEM CONSEGUE???



    BJS.

    ResponderExcluir
  22. Kika Martins12:43 PM

    Bacana!
    Boa semana.
    Abraço,

    Kika

    ResponderExcluir
  23. Cacá8:06 AM

    Uma emresa dessas certamente não adota critérios discriminatórios na contratação de quem já passou dos 40. Estou de olho nos classificados para concorrer a uma vaga. Que maravilha! hahahaha! Abraços, Marcelo! Paz e bem.

    ResponderExcluir
  24. Mara Narciso8:25 AM

    A empresa criada por Claudionor tem 60 anos, e ele tem no mínimo 78. Sua genitora, dona da residêcnia/hotel deverá ter pelo menos 92 anos( conta apertadíssima). De todo modo, com essa generosidade (centavos acrescidos de forma temporária), trata-se de obra de ficção, e o realismo fantástico pode estar em voga. Os detalhes da sua veia humorística, Marcelo, ficam pelo meio das frases, que funcionam como esquinas: surpreendem e não negam fogo/risadas.

    ResponderExcluir
  25. Clotilde Fascioni3:17 AM

    Ahhh Marcelo, só mesmo muita criatividade para nos adoçar com tão simpático texto. Maravilha!!!
    Sabe do que me lembrei? De nós pobres brasileiros aposentados na hora de ganharmos o “aumento” anual…
    Abraços sabor “papo de anjo”☼☺☺

    ResponderExcluir
  26. Paulo Marsiglio Neto3:18 AM

    Marcelo,
    Essa crônica remeteu-me a algumas mercearias e bares lá de Pirassununga (da Joaquim Procópio, Treze de Maio, Bar Azul, etc).
    Só ficou faltando um incentivo às paçoquinhas, marias-mole e suspiros embalados em papel (não sei como não fiquei diabético na infância).
    Vida longa!!
    Um abração!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A CAPITAL MUNDIAL DO BILBOQUÊ

Para os menores de 30, é natural não conhecê-lo. Então comecemos por uma sucinta porém honesta definição.

Bilboquê: originário da França, há cerca de 400 anos, foi o brinquedo favorito do rei Henrique III. Consiste em duas peças: uma bola com um furo e um pequeno bastão, presos um ao outro por um cordão. O jogador deve lançar a bola para o alto e tentar encaixá-la na parte mais fina do bastão. (fonte:www.desenvolvimentoeducacional.com.br).

Mais do que um brinquedo, Bilboquê é o nome de uma cidade, localizada a noroeste da pacata estância de Nhambu Mor. Chamada originalmente de Anthero Lontras, foi rebatizada devido ao número desproporcional de habitantes que fizeram do bilboquê a razão de suas vidas, dedicando-se ao artefato em tempo integral (incluindo-se aí os intervalos para as necessidades fisiológicas).

A tradição se mantém até hoje, ganhando novos e habilidosos adeptos. Nem bem raia o dia na cidade e já se ouvem os toc-tocs dos pinos tentando encaixar nas bolas. Uma distinção se…

SANTA LETÍCIA

Letícia, em seu compartimento estanque, se bastava. Vivia debaixo de uma campânula guardada por um querubim estrábico, numa imunidade vitalícia às dores do parto, à lavagem da louça, às filas nas repartições e à rabugice dos maridos sovinas e dominadores. “Façam o que quiserem, contanto que poupem a Letícia” era o veredito invariável sob qualquer pretexto e em qualquer ocasião, naqueles sítios de lagartos e desgraças.
Nada que se comparasse àquela que chamavam de Letícia, e que raras vezes se afastava de seus cães e de sua coleção de abajures. Era o tesão das rodas regadas a cerveja. Era a inveja e o assunto nos salões de beleza. Era o exemplo de virtude no sermão do padre, que botava as duas mãos no fogo do inferno e uma terceira se tivesse pela sua inteireza de caráter.
Assim a vida corria daquele jeito de costume, com a cidade a lhe estender tapetes, a lhe levar no colo e a lhe cobrir de afagos, soprando-lhe o dodói antes que se machucasse. Passou a ser o tema das redações escolares …

ESTRANHA MÁQUINA DE DEVANEIOS

Habituais ou esporádicos, todos somos lavadores de louça. Lúdico passatempo, esse. Sim, porque ninguém vai para a pia e fica pensando: agora estou lavando um garfo, agora estou enxaguando um copo, agora estou esfregando uma panela. Não. Enquanto a água escorre e o bom-bril come solto, o pensamento passeia por dobrinhas insuspeitas do cérebro. Numa aula de história, em 1979. O professor Fausto e a dinastia dos Habsburgos, a Europa da Idade Média e seus feudos como se fosse uma colcha de retalhos. O Ypê no rótulo do detergente leva ao jatobazeiro e seu fruto amarelo de cheiro forte, pegando na boca. Cisterna sem serventia. Antiga estância de assoalhos soltos. Rende mais, novo perfume, fórmula concentrada com ação profunda. A cidade era o fim da linha, literalmente. O trem chegava perto, não lá. Trilhos luzindo ao meio-dia. Inertes e inoperantes. As duas tábuas de cruzamento/linha férrea dando de comer aos cupins. Crosta de queijo na frigideira, ninguém merece. Custava deixar de molho? A…