Pular para o conteúdo principal

BEM-VINDO AO SPA GHETTI




É uma alegria e uma honra recebê-lo em nosso Spa. Para que sua estada seja a mais agradável possível, pedimos seguir à risca as seguintes recomendações:



É terminantemente proibido o contato com alimentos pouco calóricos ou com caloria zero. Uma mudança radical de vida, que é afinal o que você busca, exige força de vontade. Em todas as circunstâncias, nosso lema é: EVITE A PRIMEIRA GOTA DE ADOÇANTE. Por minúscula que seja, é o suficiente para acarretar uma severa recaída e botar a perder todo o trabalho de nossos nutricionistas, psicólogos, médicos e personal trainners.


Na ingestão acidental de substâncias light ou diet, deve-se induzir o vômito ou proceder a uma lavagem estomacal, para desintoxicação.


Nossa tradicional sopa de toucinho com manteiga deverá ser ingerida preferencialmente em jejum, visando o máximo efeito terapêutico.


Bolsas, valises e malas serão revistadas diariamente pelos monitores. Balas e demais guloseimas sem açúcar, se encontradas, serão apreendidas e enviadas à família do hóspede. Em caso de reincidência, o próprio hóspede será remetido à sua cidade de origem, juntamente com seus bagulhos de sacarina.


Há alguns meses testemunhamos em nossas dependências um episódio constrangedor, no qual um interno foi flagrado com um pé de alface na cueca e dois maços de chicória escondidos nas axilas. Nosso detector de verduras e legumes, instalado na recepção, soará imediatamente se infrações semelhantes vierem a ocorrer.


Se, por recomendação médica, você necessitar de alimentação mais leve, sirva-se do nosso bufê de frutas: maçã do amor, banana caramelada, creme de abacate, abacaxi em calda e compota de goiaba.


A freqüência às piscinas só será permitida com trajes de banha ou camisetas de algodão doce.


O campeonato de Tiro ao Magro acontece diariamente, das 9 às 18h.


O ócio é o melhor amigo da genialidade e do impulso transformador. Exemplos disso são Dorival Caymmi, que fez tudo o que fez praticamente sem fazer nada, e Isaac Newton, que descobriu a lei da gravidade descansando embaixo de uma árvore. Nosso Spa é um monumento à inatividade restauradora. A única coisa que se mexe aqui são os ovos mexidos, servidos com fatias de cupim no café da manhã. Assim, lembre-se: ao invés de correr, ande. Ao invés de andar, sente-se. Ao invés de sentar, deite-se. Ao invés de deitar-se, peça que alguém coloque você na cama.


Para seu maior conforto, nosso projeto arquitetônico contemplou um total de 16 rampas em declive, permitindo que você chegue rolando aos diversos pavimentos. O retorno aos andares superiores poderá ser feito por teleférico ou guindaste.


Ao assistir TV, evite os programas humorísticos. Estudos recentes demonstram que o riso, ainda que contido, promove algum gasto calórico.


Como parte do apoio psicológico ao tratamento, sugerimos a leitura dos livros “Só é magro quem quer”, “À procura do quilo perdido”, “GG – Manual do Gordo Gostoso” e “Boi no Rolete – coma sem culpa”, todos à venda na portaria central.


Não deixe de visitar nossa sala de massagem, onde seu ego poderá ser massageado com as seguintes afirmações, repetidas em rodízio:


1 – Nossa, que gordo lindo!


2 – E aí, fofinha? Na minha casa ou na sua?


3 – Uau, onde é que vai com tudo isso?


4 – Essa é a nora que mamãe pediu a Deus.


5 – Sou gordo, mas quem não é? Saco vazio não para em pé.


Por último, uma consideração de natureza filosófica: magros são perdedores, gordos são vitoriosos.
O magro é alguém que não conseguiu ganhar peso, ou que perdeu, o que de uma forma ou de outra o coloca como um fracassado – justamente por não ter ganho ou por ter perdido. Você está aqui para ganhar peso. Consequentemente, isso fará de você um vencedor. Parabéns!!!






© Direitos Reservados

Comentários

  1. Adriano Neves1:54 AM

    rsrsrsrsrs!!! Deu até vontade a acionar meu "picanhômetro". Onde fatias de picanha ao ponto, são lançadas diretamente na boca da pessoa que está na piscina deitada no colchão de ar através de um sistema de catapultas, proporcionando assim, o prazer duplo de degustar e engordar sem o menor esforço!!!




    abs. muuiiito bom cara.


    Adriano

    ResponderExcluir
  2. Clineida Jacomini9:22 AM

    mas vc taquetá heim? mais q internacional! so falta escrever pro
    bairro alegre! adorei seu trocadilho! foi demais! so vc mm! so n
    consigo abrir quase ND daqui de casa. mas valeu! feliz natal a vcs tds
    dessa familia linda!

    ResponderExcluir
  3. Marcelo9:33 AM

    A obesidade é apenas um problema de falta de memória. O sujeito sempre acha que a barriga está vazia enquanto a geladeira está cheia. Vou parar por aquí porque pintou uma fominha…

    ResponderExcluir
  4. Elizete Lee9:34 AM

    Puxa, estava me sentindo culpada por comer uma bomba de chocolate pela manhã…
    Ainda bem que existe SPAs alternativos como o “Ghetti”, que nos dão “dicas” importantes de bem viver…

    Bom domingo, aproveite e abuse da pururuca do almoço.

    ResponderExcluir
  5. Clotilde Fascioni9:34 AM

    Bom dia Marcelo, após ter tomado a sopa de manteiga e toucinho em jejum, quero informar que adorei o traje de banha e a camiseta de algodão doce.
    Amigo, dei boas risadas e infelizmente perderei algumas calorias…hahahah.
    Bom fim de semana. Abrçs♥

    ResponderExcluir
  6. Zezinha Lins9:35 AM

    Perdi várias calorias agora, porque não resisti e dei risada. Como ainda é muito cedo aqui em Pernambuco, pois não temos horário de verão, a ideia da sopa de toucinho em jejum… Hum… Me deu um embrulho no estômago (será que tem algum produto proibido dentro desse embrulho?) rsrs
    Puxa, Marcelo… Como é bom ler os seus textos, sempre inteligentes e muito divertidos.
    Obrigada por nos presentear com o seu talento e por colocar um sorriso em cada rosto que passa por aqui.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  7. Reservando uma estadia nesse "Spa Ghetti"... Cardápio perfeito! E, o que será servido em termos de bebidas saudáveis? Ceia de Natal e Ano Novo... garantida!
    Abraços EXG...
    Célia.

    ResponderExcluir
  8. Roberto Lima10:47 AM

    e voce pegou uma foto minha, marcelo pra ilustrar sua cronica?


    rapaz....rs

    ResponderExcluir
  9. Eu que agora só penso em perder peso, acabo de me sentir uma vitoriosa... só faço ganhar mais quilos... eu quero fugir do seu Spa! Um abraço bem diet!

    ResponderExcluir
  10. Maria José de Sousa4:44 PM

    Desta vez me antecipei, vi lá no face e não resisti, pois sabia que seria diversão na certa.
    Te admiro muito, Marcelo,
    pela qualidade, criatividade e originalidade dos seus textos.
    Garoto, você é 10!

    ResponderExcluir
  11. Claudete Amaral Bueno4:45 PM

    Finalmente, encontrei o spa que eu queria!!!!!! Maravilha!!!!!!!!!!
    Bjs, bom fim de semana. Obrigada pela notícia. Só faltou o endereço......rssss

    ResponderExcluir
  12. Pronto! Descobri que eu sou a verdadeira perda de tempo da culinária mundial. Perigoso me mandarem para a guilhotina , por causa das minhas verduras. Vou para o meu spa dachim,duelar com a balança.

    Boa refeição, Marcelo.

    ResponderExcluir
  13. Marcelo, eu sou um fervoroso defensor da máxima: o que engora é a gente e não a comida. Por isso , como e rio para queimar calorias. Aqui, por exemplo, perdi uma quantidade que me deu até fome de tanta risada. Grande abraço. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  14. Rafael Paiva Silva10:51 PM

    Marcelão,
    Desta vez você se superou!!! Onde fica esse spa? Deveria se chamar SPARRAMA!!! rsrsrsrs
    Abração e bom final de semana!
    Rafa

    ResponderExcluir
  15. Como seria bom issoooooo! Antigamente era assim, Nunca vi meus pais e avós fazerem dietas, e nem sabia o que era balança. Depois daquela magricela inglesam tudo mudou, Se encontrar as fotos de misses, como Martha Rocha, ela era gorda para os padrões de hoje. Acho que os mandantes pensam assim: Vamos colocar o cigarro no meio desse povo para matar a metade, depois não conseguindo, inventaram os fast foods e a bebida alcoolica, não necessariamente nessa ordem, agora são essas dietas loucas.
    Bem eu NÃO, NUNCA, JAMAIS enfrentaria esse Spa.
    Mas me deu uma fome!

    Parabéns!

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Jorge Cortás Sader Filho10:53 PM

    Favor enviar urgente o endereço da clínica. Uma advertência séria está causando grande medo, a prática do “tiro ao magro”.
    Ou posso seguir as receitas em casa mesmo? Deu água na boca a sopa de toucinho na manteiga. Em jejum!
    Fico admirado com o seu talento para inventar tanta doideira, toda ela muito boa de ser lida com um sorriso que não acaba, Marcelo.
    Abração,

    ResponderExcluir
  17. José Carlos Carneiro1:52 AM

    mensagemBarbaridade! Que loucura! Tomara que seus (suas) amigos (as) fat não o apredejem nem o mandem catar coquinhos.
    Mas o exemplo do Newton caiu como uma luva. Tem mais: quero o endereço da clínica para passá-lo às minhas amizades, algumas delas tipo Olívia Palito e Gandhi. Vão adorar! RSRSRSRS!

    ResponderExcluir
  18. Marco Antonio Rossi4:56 AM

    Bom final de semana e VIVA OS GORDINHOS....................................
    Rossi

    ResponderExcluir
  19. Ai meu Deus! Encontrei o que procurava! Outro dia mesmo eu discordava de uma afirmação , machista mesmo, a meu ver: 'Toda mulher sonha em encontrar o homem perfeito'. Mentira! Toda mulher sonha em comer sem culpa e sem engordar! Mas acho que agora, este spa 'get' trazer a felicidade que todos procuramos! Hahahahahah. Um beijo!

    ResponderExcluir
  20. Tania Izar9:11 AM

    Oi Chelo (rsrsrsrsrs), adorei seu SPA ghetti al risotodo.... Bjus

    ResponderExcluir
  21. Marcelo, desnecessário dizer da minha enorme potencialidade para ser cliente VIP do tal spa. Caloricamente genial, gordurosamente engraçado.

    ResponderExcluir
  22. Evelyne Furtado4:11 PM

    Quero uma vaga urgente, pois acabei de perder calorias com risadas incontidas Adorei o Spa Ghett e o saboroso texto! Bom demais, meu amigo! Vou recomendar. Beijos e ótima semana.

    ResponderExcluir
  23. Marcelo adorei esse Spa Ghett, precisa de dar umas risada nessa madrugada e passei na hora certa.Me sinto melhor, risos.

    Gostei muito!

    Deixo um beijo grande e desejo de um ótimo começo de semana . Abraço!

    ResponderExcluir
  24. Leda Basile9:54 PM

    Marcelo, eu quero passar uns dias no seu SPA GHETTI. Comer todas aquelas gulodices, ser feliz como uma criança e depois tratar de andar muito para não engordar. Seu texto é deliciosamente criativo, sempre quero mais! Parabéns!!

    ResponderExcluir
  25. Valéria Gomes9:55 PM

    Caramba, já estava de malas prontas para ir para o “ESPARADRAPO NA BOCA”, vou cancelar, acho que prefiro esse aí! Parabéns Marcelo, dei boas risadas!!! Beijos e tenha uma ótima semana!!!

    ResponderExcluir
  26. Jota Effe Esse9:55 PM

    Gostei da salada de ócio criativo, já vou lantamente me deitar, e só me levantarei sabe Deus quando… Meu abraço.

    ResponderExcluir
  27. Araceli9:56 PM

    Acabei de chegar de um fim de semana “comiloso”, como diz um de meus filhos: um aniversário num rodízio de pizzas, no sábado; um domingo regado a vinho e churrasco no quintal de casa e hoje, a primeira das inúmeras festas de despedida de 2011…Do jeito que o autor do texto quer!

    Abraço

    ResponderExcluir
  28. Gina Soares9:57 PM

    hahaha… perdi muitas calorias agora…
    Pode me matricular? Quando começo? rss
    Quem dera não houvesse a ditadura da magreza!!!
    Perfeito!!

    ResponderExcluir
  29. Antonio Fonseca9:57 PM

    Duas horas após ter saboreado um delicioso SPA GHETTI, fui à sala de massagens para enobrecer meu ego. Só acordei em casa com um baita “galo” na cabeça. Só melhorei com bolsa de gelo e analgésicos. Foi aí que fiquei sabendo do resto. Minha amada ouviu uma piriguete proferindo a informação número um, que estava afixada na parede da sala: Nossa, que gordo lindo!

    ResponderExcluir
  30. Mercedes Ramos6:53 AM

    Querido Marcelo,
    Eu nao acesso muito esse e-mail, por isso, demorei tanto para ler essa crônica.
    Achei SENSACIONAL!!! Olha que eu ja fui pra muitos Spas que eram exatamente o oposto do que vc descreve em seu texto , e justamente por isso, ele se torna tao genial!
    PARABENS!
    Vc sabe que sou sua fa!
    Um grande e saudoso beijos,
    Mercedes

    ResponderExcluir
  31. Deus meu, onde fica esse spa????
    Texto divertidíssimo e apesar da restrição
    ao riso faço aqui um "mea culpa", conseguiu
    roubar de mim uma sonora gargalhada.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  32. Mara Narciso12:27 PM

    Mesmo contendo o meu espírito politicamente correto, que anda muito patrulhado nos últimos dias, não resisti e ri um bocado. Imagina ler isso, quando passo 8 h por dia, há 32 anos falando o oposto. Foi uma aula de humor. Parabéns, Marcelo!

    ResponderExcluir
  33. Cristina Siqueira12:31 PM

    Marcelo,
    Que texto FOFO ,GOSTOSO!
    SPA GUETHI,genial!

    Hiper risível,adorei.

    beijos e aplausos

    Cris

    ResponderExcluir
  34. Aquela rampa em que os gordos rolam abaixo é digna de patente! Fantástico texto. Abração!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A CAPITAL MUNDIAL DO BILBOQUÊ

Para os menores de 30, é natural não conhecê-lo. Então comecemos por uma sucinta porém honesta definição.

Bilboquê: originário da França, há cerca de 400 anos, foi o brinquedo favorito do rei Henrique III. Consiste em duas peças: uma bola com um furo e um pequeno bastão, presos um ao outro por um cordão. O jogador deve lançar a bola para o alto e tentar encaixá-la na parte mais fina do bastão. (fonte:www.desenvolvimentoeducacional.com.br).

Mais do que um brinquedo, Bilboquê é o nome de uma cidade, localizada a noroeste da pacata estância de Nhambu Mor. Chamada originalmente de Anthero Lontras, foi rebatizada devido ao número desproporcional de habitantes que fizeram do bilboquê a razão de suas vidas, dedicando-se ao artefato em tempo integral (incluindo-se aí os intervalos para as necessidades fisiológicas).

A tradição se mantém até hoje, ganhando novos e habilidosos adeptos. Nem bem raia o dia na cidade e já se ouvem os toc-tocs dos pinos tentando encaixar nas bolas. Uma distinção se…

SANTA LETÍCIA

Letícia, em seu compartimento estanque, se bastava. Vivia debaixo de uma campânula guardada por um querubim estrábico, numa imunidade vitalícia às dores do parto, à lavagem da louça, às filas nas repartições e à rabugice dos maridos sovinas e dominadores. “Façam o que quiserem, contanto que poupem a Letícia” era o veredito invariável sob qualquer pretexto e em qualquer ocasião, naqueles sítios de lagartos e desgraças.
Nada que se comparasse àquela que chamavam de Letícia, e que raras vezes se afastava de seus cães e de sua coleção de abajures. Era o tesão das rodas regadas a cerveja. Era a inveja e o assunto nos salões de beleza. Era o exemplo de virtude no sermão do padre, que botava as duas mãos no fogo do inferno e uma terceira se tivesse pela sua inteireza de caráter.
Assim a vida corria daquele jeito de costume, com a cidade a lhe estender tapetes, a lhe levar no colo e a lhe cobrir de afagos, soprando-lhe o dodói antes que se machucasse. Passou a ser o tema das redações escolares …

ESTRANHA MÁQUINA DE DEVANEIOS

Habituais ou esporádicos, todos somos lavadores de louça. Lúdico passatempo, esse. Sim, porque ninguém vai para a pia e fica pensando: agora estou lavando um garfo, agora estou enxaguando um copo, agora estou esfregando uma panela. Não. Enquanto a água escorre e o bom-bril come solto, o pensamento passeia por dobrinhas insuspeitas do cérebro. Numa aula de história, em 1979. O professor Fausto e a dinastia dos Habsburgos, a Europa da Idade Média e seus feudos como se fosse uma colcha de retalhos. O Ypê no rótulo do detergente leva ao jatobazeiro e seu fruto amarelo de cheiro forte, pegando na boca. Cisterna sem serventia. Antiga estância de assoalhos soltos. Rende mais, novo perfume, fórmula concentrada com ação profunda. A cidade era o fim da linha, literalmente. O trem chegava perto, não lá. Trilhos luzindo ao meio-dia. Inertes e inoperantes. As duas tábuas de cruzamento/linha férrea dando de comer aos cupins. Crosta de queijo na frigideira, ninguém merece. Custava deixar de molho? A…