Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2013

BIANCA

wikimedia commons

I Bianca, a mais do que muito séria, fizera filho no banco da frente do Dodge emprestado, as costelas raspando no volante, de longe se via o carro chacoalhando. Fosse de fato séria a fama de séria, ela não chegaria a tanto, não a ponto de esfregar-se em pelo, unhas e secreções a céu aberto e justo com aquele um, o primeiro que se achegou no começo da quaresma.

II Nunca a tão fêmea Bianca pareceu tão pálida e tão perdida, quando chamou num canto a mãe para uma dura conversa. E lhe falou do filho vindo, ia assumir o mau passo. Era uma quinta esquisita, onde se via uma lua de estranhíssimas crateras.

III A doce e insensata Bianca, ainda que poucos soubessem, era valise sem dono. De tão distraída que era, nem se lembrava com quantos tinha dormido e acordado sem que adivinhasse o nome e sem que soubesse que aquilo não era coisa que se fizesse. E foi assim que o filho, de pai com ficha na polícia e feito às pressas num Dodge, cresceu um moço perverso, maldizendo o berço infame …

DORIVAL NÃO ERA ASSIM

Imagem: wikimedia commons



- Estou lhe dizendo e tenho como provar. Fui o personal trainer do Dorival Caymmi de 1976 até o dia do desencarne. Ele fazia a vida toda o marketing da preguiça baiana, essa é que é a verdade. Ninguém chegaria aos 94 se entupindo de vatapá, espraiado na rede e só saindo dela para ficar se lamentando de saudade da Bahia.
- Mas nenhum baiano fez isso tão bem quanto ele.
- Lógico. Quem sou eu pra questionar? Mas se tinha tanta saudade assim da terra dele, porque não voltava logo de uma vez pra lá? Podia morar onde bem entendesse, o homem era mito, monstro sagrado. Ele não queria era sair do Rio de Janeiro, da academia de ginástica particular que tinha em casa, das doses cavalares de Mega Mass.
- Você é um caluniador, está chutando cachorro morto. Cometa suas infâmias com quem é vivo e pode se defender. O que você quer é difamar o bom nome do ícone da letargia soteropolitana. A malemolência malandra do brasileiro deve muito ao sábio sedentarismo de Dorival.
- Pois eu …

IRA DE ZEBEDEU

Mary_Salome_and_Zebedee_with_their_Sons_James_the_Greater_and_John_the_Evangelist - wikimedia commons




É claro que estou no céu, junto dos meus dois célebres filhos: João e Tiago, ambos apóstolos de Jesus Cristo. Moro no paraíso mas minha autoestima há mais de 2000 anos vive nos quintos dos infernos.
Que não existam muitas pessoas que se chamem Judas, Herodes ou Pôncio, vá lá, justifica-se. Mas a que se deve a ausência de Zebedeus nas certidões de nascimento pelo mundo afora? Meu nome é tão bíblico quanto os nomes de meus filhos, embora meus dois rebentos apareçam mais vezes que eu nas Sagradas Escrituras.
A propósito, pai de santo (não confundir com a autoridade da Umbanda), e no meu caso de dois santos, deveria com toda justiça ser tratado como santo também. No entanto, milhões pessoas se chamam João e outras milhões são batizadas como Tiago. Mas por acaso alguém conhece outro cristão, além de mim, que se chame Zebedeu?
Uma explicação para essa repulsa talvez esteja no fato de que Zebed…

EVOLUÇÃO DO HOMEM - A ERRATA

Imagem: wikimedia commons

A ciência acaba de comprovar, agora oficialmente, aquilo que todas as evidências demonstravam: o homem não é o macho da mulher, da mesma forma que a mulher não é a fêmea do homem.
Passado o espanto inicial da descoberta, é preciso reconhecer que isso explica muita coisa. Para começo de conversa, chegou-se à conclusão de que o que ocorreu na verdade foi a extinção ou o não-desenvolvimento, ao longo da escala evolutiva, do macho da mulher moderna. Um descompasso onde notou-se fantástica evolução do gênero feminino, num dado período de tempo, concomitantemente a uma inexplicável involução do bicho homem.
Trocando um pouco mais em miúdos e em linguagem leiga o longo e minucioso estudo, podemos dizer que o homem das cavernas teve a sua mulher das cavernas, o pitecantropo teve a sua pitecantropa, o neanderthal teve a sua neanderthala, o homo sapiens teve a sua fêmea sapiens e daí em diante deu-se o surgimento da espécie que o estudo denomina mulieris modernensis - que …