Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

A CLAQUE SE REVOLTA

Prosseguem em todo o país as passeatas e atos de protesto exigindo assistência médica para as claques de teatro, televisão, eventos e comícios.
Em Osasco, representantes dos movimentos reivindicatórios das claques foram saudados com aplausos pela população. Entretanto, alguns grupos de aposentados, que jogavam pega-varetas nas imediações, suspeitam que aqueles que aplaudiam seriam na verdade membros das próprias claques, numa demonstração forjada e fraudulenta de apoio. Confirmada a hipótese, teríamos o que se poderia chamar de claque da claque.
Polêmicas à parte, o fato é que os manifestantes distribuíram panfletos com as principais pautas do movimento, elencando os males a que estão sujeitos e contra os quais não contam com a mínima assistência:
. LER (Lesão por Esforços Repetitivos), ocasionada pelas sessões contínuas de salvas de palmas. Esta é a mais comum das moléstias enfrentadas pela classe. . Afonia, provocada pelos gritos e exclamações nos programas de auditório, sendo os princ…

SEXO ASSÉPTICO

- Paiê! - Chora, pequeno carrasco. Que é que foi dessa vez? - Eu tô sabendo de tudo, o Rafa me contou e ainda me mostrou fotos. O jeito que eu nasci, que você nasceu, o jeito que todo mundo nasce. Eu sei que foi você, papai, que colocou aquele seu negócio de fazer xixi naquele outro negócio da mamãe, que é pra fazer xixi também. Achei essa história muito porca. - Ahnn?? - Devia ser tudo online, o procedimento seria mais limpo, sem contato manual nem genital. Tudo começaria numa rede de relacionamentos, passaria pra uma conversa inbox, depois rolaria um clima numa área de acesso restrito e protegida por senha e aí os pixels do homem se misturariam com os bytes da mulher. Nove sessões de Windows depois, o menino estaria pronto. - Esse seu senso prático realmente me espanta, garoto. Veja bem... - Sem ter que ficar gemendo, fazendo caras e bocas, suando um em cima do outro. Eca!! Arghhhh! Sinceramente, pai, quando me disseram que o processo era desse jeito eu custei pra assimilar a ideia. Achei…

FAZENDANDO-SE

Ia abrindo a picada no facão. Pelo queimar do sol, meio dia e meia, se tanto. No verde fechado luziu a chave, a dourada chave-mestra dos lugares improváveis. Velha Dita benzedeira, dai-me caminho bom. Pai do mato e das estrelas, daqui não tem retornar nem arrependimento de ver coisas que não carecem ser vistas. Desse ponto por diante é por minha conta e risco. Lembrava a mãe que dizia: "do mato guarde distância".
Limpou o achado no brim cáqui, e no retomar da trilha um jacarandá dos baitas se fez porta à sua frente. Nessa hora virou rosto, e dá-lhe Salve Rainha implorando proteção – o ocorrido não era acontecência cristã. Temor de obra do cão, vontade de colo quente.
A dobradiça rangeu, e foi sugado num tranco para dentro da casa grande. Deu com a carcaça no gelo das pratarias, baixelas da mesa posta para um jantar de calendário incerto. Botou reparo no pedaço de varanda que se via da janela, e assim ficou tempo imenso até que um ruído de saias o trouxe, em saltos mortais, às …

AO MEU TATARANETO

Querido sei lá quem, sangue do meu sangue, obra de minha coautoria que leguei inadvertidamente à posteridade,

Espero que esta o encontre com saúde, se é que um dia irá encontrá-lo, e isso contando que você venha de fato a existir. Estava olhando umas fotos e de repente me pareceu interessante a possibilidade de comunicação entre mim, que há muito já estou morto, e você, que ainda está por nascer. São retratos da sua bisavó, desde os 3 meses até os 16 anos. Estão em porta-retratos de bronze, que enchem 2 prateleiras do meu escritório. Aliás, você não imagina o que essa veneranda senhora grisalha, de ares matriarcais e que seguramente implica com tudo aí na sua casa, vem aprontando agora que é novinha. Almoça e janta internet, algo que está para o seu cotidiano assim como o telégrafo está para o meu.

Talvez essas fotografias a que me refiro estejam aí no futuro, descoradas e quebradiças nos cantos, pegando mofo dentro de uma caixa de sapatos - embora essa seja uma forma de guardar recor…

COMETA

Peço encarecidamente a vocês, meus conterrâneos, que contenham seus ânimos e mantenham a calma neste momento histórico. Trata-se de um marco não só para os anais da municipalidade, mas também para toda a vasta pastagem adjacente. A passagem de um cometa é acontecimento raro, e como tal deve devemos tirar dele, cada um a seu modo, o melhor proveito possível.
Já posso vê-lo despontando no horizonte, por enquanto um minúsculo ponto de luz, ainda bem distante. Muito em breve, porém, eu lhes asseguro que estará brilhando em todo o seu esplendor no escuro da noite, descrevendo sua incrível trajetória em alta velocidade e deixando um rastro por onde passar.
Sabemos que o alvoroço será grande com a novidade, porém precisamos estar atentos para que ela não cause transtornos - como pisoteamentos e outros acidentes graves, na ânsia de acompanhar seu percurso ou de encontrar um posto de observação privilegiado para contemplar a tão aguardada aparição.
Nem é preciso lembrar de tudo o que a passagem d…