Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2014

DEMORANDO NO BOX

Imagem: leriaselixos.com.br

EU SONHO COM STRUDELS NESSES MESES DE ALUCINAÇÃO. DAQUELES TRANSBORDANTES DE RECHEIO, TÃO GENEROSOS DE MAÇÃS E PASSAS QUE MELEM TODA A CAIXA DE BRITA NO S DO SENNA. STRUDELS QUE PASSEM RASPANDO NOS GUARD RAILS DE MÔNACO, DEIXANDO UM RASTRO DE CANELA E AÇÚCAR DE CONFEITEIRO. UNS TRINTA BÓLIDOS-STRUDEL, LINDOS E RELUZENTES. RUMINAREI UM A UM, E DEPOIS DE EMPAPUÇADO USAREI A BANDEIRA QUADRICULADA COMO GUARDANAPO.
- Ele vai ficar bom.
- O pior é que vai
- Apesar do coma, né. O cara é forte como um touro. - Mas está imóvel. Imóvel, logo ele.

TOLOS, EU ESTOU ÓTIMO. QUEM ESTÁ EM COMA NÃO TEM CONSCIÊNCIA QUE ESTÁ. SE PENSO QUE POSSO ESTAR É PORQUE NÃO ESTOU. FALEM, FALEM MUITO. E PENSEM MESMO QUE EU VEGETO, PARA FICAREM BEM À VONTADE.

- Veja, Orthild, o contrato é muito claro. Em caso de óbito, o patrocinador honra o valor assumido até o final. Temos que mostrar perícia na manobra. A família não está em condições psicológicas de se atentar a esse assunto, e isso conspira…

DELMA NÃO SABIA

O que tem a dizer sobre as denúncias do esquema de propina na Petrobras, onde 3% de todos os contratos ficavam para o seu partido?
No que se refere a essa história da capa da Veja, eu devo dizer que... falar que o PSDB varre tudo pra debaixo do tapete. Falar do mensalão tucano, falar da falta de água em São Paulo, falar do desemprego no tempo do Fernando Henrique. Falar do escândalo das privatizações e da emenda da reeleição. Falar que no meu governo tudo mudou pra melhor, e que, com o projeto “Brasil Carinhoso”, milhares de famílias...
A senhora não respondeu à pergunta. Essas folhas aí que a senhora está lendo provavelmente eram a sua “colinha” para os debates... me parecem lembretes para orientá-la...
Ai, meu Deus, que cabeça a minha. Tem razão. Ai, ai, ai... Deixa eu pegar o papel certo aqui, só um momento... Então, no que se refere à resposta que você me pede, se eu disser que não sabia de nada dessa história, seria uma inverdade. Eu desconfiava, sim, mas não tinha provas ou não qu…